recieri.com

IBOVESPA x Dólar

Ibovespa x Dólar, qual é a correlação entre o principal índice do mercado de capitais brasileiro e a moeda que é referência para o câmbio no planeta? Veremos nesse texto o comportamento e correlação destes dois importantes indicadores nos últimos 21 anos.

Sobre o IBOVESPA

O índice IBOVESPA representa o desempenho das principais ações brasileiras, atualmente negociadas na B3. Ele representa uma carteira teórica dos papeis das empresas mais representativas do mercado de capitais brasileiro.

Quadrimestralmente essa carteira é atualizada. Isso garante que o índice continue refletindo o que acontece no mercado de ações nacional.

Se quiser saber mais sobre esse índice e sua série histórica desde o início do plano real, leia o texto “Índice IBOVESPA: Série histórica, Carteira Teórica e Conceito” clicando aqui.

Sobre o Dólar

O dólar é a moeda mais importante do planeta. Ele serve de referência para as transações de câmbio de praticamente todos os países. Então podemos dizer que a Terra funciona em dólar.

Isso tudo acontece porque a moeda americana é forte e estável. Os Estados Unidos tem empreendido sucesso desde 1980 em manter a estabilidade da moeda. Além disso, o mercado financeiro americano é o mais líquido do mundo, isso faz com que a moeda seja referência para a maioria dos países.

Por último, dado esses fatores, 60% das reservas internacionais dos países está atrelada à moeda norte-americana!

O Brasil, apesar de ter domado a inflação com o plano real, ainda sofre bastante com as variações desta moeda. Sempre que o dólar dispara, ocorrem reflexos em nossa economia. Geralmente, esse efeitos estão relacionados, no campo negativo, à inflação e, no campo positivo, à balança comercial. Para saber mais sobre o comportamento do dólar frente à inflação, clique aqui.

Metodologia para definição do valor médio mensal do IBOVESPA e Dólar

Todos os valores apresentados nesse texto consideram a média entre o valor máximo e o mínimo dentro de mês de apuração, tanto para o IBOVESPA como para o dólar. Ainda que esses valores não representem o valor de fechamento do mês, eles são capazes de demonstrarem o comportamento dos indicadores no longo prazo de forma mais adequada.

Correlação entre o IBOVESPA x Dólar

O IBOVESPA e o Dólar possuem uma tendência de crescimento no longo prazo. Apesar disso, esse movimento não é sincronizado entre os dois indicadores no curto prazo.

Isso se explica pelo fato do dólar ser um termômetro direto do risco Brasil, o que faz com que a moeda americana possua um comportamento inverso ao IBOVESPA no curto prazo. Ao mesmo tempo, sempre que aumenta a quantidade de recursos de investidores estrangeiros na bolsa brasileira, a cotação da moeda americana diminui, num efeito de oferta x demanda.

Apesar disso, no longo prazo, existe uma tendência de valorização da divisa americana, visto que o dólar é considerado moeda forte. Como já explicado em item anterior, o dólar está atrelado à economia americana que possui baixíssimos índices de inflação nos últimos 40 anos. Sendo assim, dentre outros aspectos e considerando que o real perde valor mais rápido em relação à moeda americana, a tendência de longo prazo do dólar é de alta.

Em resumo, existe uma tendência de comportamento inverso entre o IBOVESPA e o dólar no curto prazo, mas no longo prazo ambos índices tendem a seguir um caminho ascendente. Veja essa tendência nos gráficos a seguir:

Ibovespa x dólar série histórica
Ibovespa x dólar

Esses movimentos ficam ainda mais evidentes em grandes ciclos de alta e principalmente nos maiores choques econômicos, como descritos a seguir.

2003 – 2008: Ciclo de Alta das commodities

Com a estabilização do real e uma forte alta entre as commodities, a bolsa brasileira saltou de 10.000 para 70.000 pontos em 5 anos. No mesmo período, o dólar caiu da casa dos R$ 3,50 para R$ 1,60

2008: Crise imobiliária americana (subprime)

Em setembro 2008 a crise imobiliária americana chegou no seu auge com a quebra do Banco Lehman Brothers. Em poucos meses o IBOVESPA caiu de 70.000 para 40.000 pontos, enquanto o dólar disparou de R$ 1,60 para R$ 2,40.

2015 – 2016: Impeachment Dilma Roussef

Entre 2015 e 2016 se desencadeou o impeachment da ex-presidente Dilma Roussef. Naquele tempo o IBOVESPA já vinha numa trajetória de queda e o dólar de alta nos 3 anos anteriores. Apesar disso, a crise foi agravada com a ruptura daquele governo que fez a bolsa brasileira despencar de 55.000 para 40.000 pontos. Enquanto isso, o dólar disparava de R$ 2,50 para R$ 4,00.

2016 – 2017: Retomada pós-Impeachment

Com a retomada da confiança nos aspectos fiscais do governo brasileiro, a bolsa brasileira saltou dos 40.000 para 60.000 pontos, enquanto o dólar caiu de R$ 4,00 para próximo da casa dos R$ 3,00.

2020: Pandemia COVID-19

Após uma fase de recuperação da bolsa brasileira com a reforma da previdência, o IBOVESPA sofreu um forte golpe com a pandemia do coronavírus. O índice brasileiro caiu de 120.000 para 70.000 pontos em poucos meses. Em movimento oposto o dólar disparou da casa de R$ 4,00 para R$ 5,50.

Desempenho Ibovespa x Dólar

Ainda que nos momentos de choque os dois indicadores tenham tomado lados totalmente opostos no curto prazo, se observarmos num período de longo prazo tanto o IBOVESPA como o dólar traçaram movimentos de alta.

Tomando como base o período entre 2000 a 2021, a bolsa brasileira saiu da casa dos 20.000 para 120.000 pontos. Ou seja, um crescimento de 600%. Enquanto isso, o dólar saltou da casa dos R$ 2,00 para R$ 5,50 (+275%).

Dessa forma, se dolarizarmos o IBOVESPA, o resultado da bolsa brasileira não será crescente ao longo de todo período, conforme demonstrado no gráfico abaixo:

Ibovespa dolarizado

O gráfico acima demonstra que passamos por um período de forte crescimento entre 2003 a 2010 e forte queda entre 2010 a 2016. Após esses dois ciclos, o índice brasileiro se recuperou um pouco, mas desde 2017 o IBOVESPA dolarizado está “andando de lado”.

Efeito semelhante aconteceria se corrigíssemos o Ibovespa pelo índice de inflação. Dessa forma, nesses dois exercícios de correção do IBOVESPA, o resultado é muito mais fiel ao real poder de compra da nossa moeda.

Série Histórica IBOVESPA x Dólar

A seguir são apresentados os valores da série histórica do IBOVESPA e Dólar considerados nesse texto, conforme metodologia descrita em item anterior.

MêsIBOVESPADólar
dez/21104.5515.64
nov/21104.7555,54
out/21108.8915,55
set/21113.7315,31
ago/21119.6695,29
jul/21125.6845,13
jun/21128.6875,06
mai/21121.9245,34
abr/21118.4835,54
mar/21112.2845,66
fev/21115.4725,46
jan/21120.1065,32
dez/20114.5245,17
nov/20102.7865,50
out/2097.8035,65
set/2098.3175,44
ago/20101.5185,44
jul/20100.3835,28
jun/2092.2665,16
mai/2081.8945,62
abr/2075.7015,40
mar/2085.2484,85
fev/20108.8264,36
jan/20116.2104,15
dez/19112.9974,13
nov/19107.4674,12
out/19104.1174,08
set/19102.7044,11
ago/19100.3524,00
jul/19103.3623,80
jun/1999.1523,87
mai/1993.7014,02
abr/1994.9743,91
mar/1996.0123,88
fev/1996.0073,72
jan/1992.9713,77
dez/1887.5673,88
nov/1887.1383,81
out/1883.2343,82
set/1877.1914,09
ago/1878.3343,95
jul/1876.2623,82
jun/1873.9813,82
mai/1881.0083,64
abr/1884.9713,41
mar/1885.1113,28
fev/1884.0043,24
jan/1881.3083,22
dez/1773.8973,28
nov/1773.0123,27
out/1775.9353,21
set/1773.6333,14
ago/1768.7163,16
jul/1764.0423,22
jun/1762.0913,28
mai/1764.5543,26
abr/1764.5193,15
mar/1764.9473,13
fev/1766.6143,10
jan/1762.9833,20
dez/1659.3833,37
nov/1661.8073,34
out/1661.7113,18
set/1658.3853,27
ago/1657.5573,20
jul/1654.1503,28
jun/1649.9403,41
mai/1651.2033,55
abr/1651.4263,57
mar/1647.5293,78
fev/1641.0993,96
jan/1640.1984,07
dez/1545.1403,88
nov/1547.0803,81
out/1547.2713,88
set/1546.5823,93
ago/1546.8083,55
jul/1551.0403,26
jun/1553.4553,12
mai/1555.6683,08
abr/1554.0763,04
mar/1550.1123,08
fev/1549.6092,79
jan/1548.3832,64
dez/1450.2872,65
nov/1454.1232,54
out/1453.8102,46
set/1457.9212,35
ago/1458.3412,27
jul/1455.4372,24
jun/1453.2622,24
mai/1452.8492,22
abr/1451.5842,24
mar/1447.6622,31
fev/1447.3902,38
jan/1449.2352,39
dez/1351.1612,35
nov/1352.9152,29
out/1354.3092,19
set/1352.9562,29
ago/1349.7812,36
jul/1346.8882,25
jun/1349.8482,18
mai/1355.0212,07
abr/1354.6842,00
mar/1357.0611,98
fev/1357.9631,97
jan/1361.2942,02
dez/1259.2262,09
nov/1257.3442,08
out/1258.4972,03
set/1259.8162,03
ago/1257.7242,03
jul/1254.8402,02
jun/1254.9422,05
mai/1257.9062,01
abr/1263.2451,86
mar/1266.5331,77
fev/1264.8741,72
jan/1260.2271,80
dez/1157.4371,83
nov/1157.0771,81
out/1154.6681,79
set/1155.2431,77
ago/1153.6681,60
jul/1160.9501,56
jun/1162.7341,59
mai/1164.0801,61
abr/1167.6071,59
mar/1167.0351,66
fev/1166.1211,67
jan/1168.9111,67
dez/1068.7691,69
nov/1070.1031,71
out/1070.4941,68
set/1067.4461,72
ago/1066.2791,76
jul/1063.8321,78
jun/1063.3841,82
mai/1062.8021,82
abr/1068.9521,76
mar/1068.4991,79
fev/1064.7311,84
jan/1067.8051,81
dez/0967.8551,75
nov/0964.3921,74
out/0963.6041,75
set/0958.6781,84
ago/0956.7001,86
jul/0951.6731,94
jun/0952.0431,97
mai/0950.5482,08
abr/0944.1912,24
mar/0939.2012,33
fev/0940.3832,32
jan/0939.6352,28
dez/0837.1482,45
nov/0836.0422,28
out/0839.6352,21
set/0849.7161,80
ago/0855.9251,60
jul/0860.7181,59
jun/0868.1411,62
mai/0870.8931,66
abr/0864.5021,70
mar/0861.4351,71
fev/0862.0181,72
jan/0858.4591,78
dez/0762.9721,79
nov/0761.7071,80
out/0762.7111,79
set/0756.6881,90
ago/0750.2772,00
jul/0755.4601,89
jun/0752.9441,94
mai/0750.9151,98
abr/0747.5412,04
mar/0743.5342,09
fev/0744.6622,11
jan/0743.3272,14
dez/0642.9342,15
nov/0640.7942,17
out/0638.1412,15
set/0635.9332,18
ago/0636.6482,16
jul/0636.0962,19
jun/0635.2472,24
mai/0638.4872,23
abr/0639.1212,13
mar/0637.7402,17
fev/0637.4352,17
jan/0635.8322,28
dez/0532.8792,28
nov/0531.1492,21
out/0530.1072,26
set/0529.6922,29
ago/0526.9032,36
jul/0525.2492,42
jun/0525.4902,42
mai/0524.7442,45
abr/0525.6662,59
mar/0527.6732,69
fev/0526.4262,60
jan/0525.0132,67
dez/0425.3612,73
nov/0424.0512,79
out/0423.3762,85
set/0422.6122,90
ago/0422.2803,00
jul/0421.7493,04
jun/0420.1803,13
mai/0418.9723,09
abr/0421.3842,92
mar/0422.0652,90
fev/0421.7332,95
jan/0423.0842,87
dez/0321.2472,90
nov/0319.0862,91
out/0317.3352,87
set/0316.0902,93
ago/0314.0053,00
jul/0313.4202,90
jun/0313.4842,90
mai/0313.0542,97
abr/0312.0523,12
mar/0310.7633,45
fev/0310.5183,57
jan/0311.4043,46
dez/0210.9783,62
nov/0210.0443,60
out/029.2333,77
set/029.4153,48
ago/029.8113,15
jul/0210.1643,22
jun/0211.5832,70
mai/0212.5172,46
abr/0213.4522,31
mar/0213.8392,35
fev/0213.3332,41
jan/0213.3572,37
dez/0113.3892,39
nov/0112.4842,56
out/0110.9552,73
set/0111.2402,69
ago/0113.4122,51
jul/0114.0662,46
jun/0114.9042,38
mai/0114.6802,29
abr/0114.2962,22
mar/0115.2872,10
fev/0116.6162,01
jan/0116.5991,96
dez/0014.3291,97
nov/0014.2391,94
out/0014.9881,89
set/0016.6871,84
ago/0017.0001,81
jul/0017.0931,80
jun/0016.1821,81
mai/0014.7501,83
abr/0015.9281,78
mar/0017.9851,74
fev/0017.6381,78
jan/0016.7251,82
IBOVESPA x Dólar

Compartilhe

4 pensou em “IBOVESPA x Dólar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *